BIOGRAFIA

Regina Ribeiro é vocalista, autora, bailarina, coreógrafa, professora e produtora. Natural de São Paulo, é uma artista poliglota com formação profissional e vivência artística no Brasil, Estados Unidos, França, Itália, Alemanha, Áustria, Finlândia, Suécia, Noruega, Suíça, Japão, Costa do Marfim, Gana e Camarões. Antes de se dedicar totalmente à arte, Regina Ribeiro estudou propaganda e marketing e trabalhou na área durante 4 anos na Editora Abril e na agência MPM Casablanca em São Paulo.

 

Em 1981 foi convidada a representar o Brasil no Lowell Summer Festival, Ma, Estados Unidos. Durante esse período fora do Brasil, a artista sentiu-se intensamente inspirada e motivada para se aprofundar no conhecimento da arte de outros povos e outras culturas, bem como de sua própria arte.

 

Em 1982, viajou pela França, Itália e Suíça, onde realizou diversas apresentações artísticas e ministrou cursos e workshops. No mesmo ano, foi convidada a dar aulas no Institut Git le Coeur, em Paris, onde residiu durante um ano. Nesse período, a relação sempre presente da artista com a África aprofundou-se com o início de sua pesquisa sobre a História dos Povos e Nações Negras, destacada na obra do historiador senegalês Cheikh Anta Diop.

 

Em 1983 fixou residência na Suíça, onde lecionou durante 12 anos na Universidade de Berna. Impulsionada pela contínua pesquisa de sua arte, Regina Ribeiro esteve na África pela primeira vez em 1987, como artista convidada para um estudo de Danças Tradicionais da África Ocidental, na Costa do Marfim. A consagrada escola de dança Alvin Ailey, em Nova Iorque, também faz parte dos itinerários percorridos para sua formação contínua na técnica de Katherine Dunham.

 

O canto sempre teve um lugar especial nas criações coreográficas, todavia passou a ter relevância na carreira de Regina Ribeiro somente a partir de 1993. Dentro dessa vertente, trabalhou com a banda Atcha Makossa e com Isaac Bias, entre outros. Em 1997, iniciou carreira solo como cantora e no ano 2000 estreou seu primeiro projeto com composições autorais, sob a direção musical de Glaucus Linx. De 1997 a 2002, Regina Ribeiro integrou o coral de jazz do Conservatório de Biel na Suíça, estudou canto popular com a professora Marianna Polistenna, jazz com professora Guitte Christensen e técnica clássica com a professora Vandete do Carmo.

 

Entre os artistas, projetos e organizações com os quais Regina Ribeiro colaborou encontram-se: Letieres Leite, Jorge Watutzi, Zé Eduardo Nazário, Maria José Tavares, Plinio Rigon, Billy Summers, Jon Otis, Paco Yê, Othella Dallas, Susanne Daeppen Modern Dance Project, Talib Kibway, Teddy Bärlocher, Noel Ekwabi, Glaucus Linx, Earth Crossing World Music Festival Japão, Impuls Tanz – Vienna International Dance Festival, Expo 02, Jazz Parade Festival Friburgo, Schlachthaus Theater Berna, Afro Pfingster Festival Winterthur na Suíça, Festival d’Avignon , Café Concert New Morning, TV 5 em Paris, Centro Cultural, Sesc Consolação e Sesc Itaquera, São Paulo.

 

Em 2012, Regina Ribeiro foi convidada pela ONG ARK Jammers para conhecer Camarões, seu país de origem. Na ocasião participou do projeto African Ancestry Reconnection, no evento Healing Concert no Palais des Congrès em Yaoundé. Em 2013, a artista voltou a Camarões, desta vez para uma estadia de 5 meses a convite da Fundação AfricAvenir em Douala.

Em 2014 e 2015 gravou com o grupo camaronês Les Jumeaux de Masao, em Paris. No final de 2015 estreou o Projeto Relacionamentos no Brasil com um show no Sesc, em São Paulo. 

© 2019 Copyright

Criado por

Leo F Carter
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle

REGINA

RIBEIRO